Dupla que veio de SP para furtar e levar caminhonete para o Paraguai é presa em MS

IVI NOTíCIAS/MIDIAMAX


Foto: Henrique Arakaki, Midiamax

Dois homens, de 37 e 45 anos, foram presos por policiais do Batalhão de Choque após furtar uma caminhonete Nissan, de cor preta, com intuito de levá-la ao Paraguai. O furto aconteceu na noite de segunda-feira (13/05) no bairro Monte Castelo, em Campo Grande. Os dois confessaram que vieram de São Paulo, apenas para cometer o furto.

Conforme o boletim de ocorrência, a vítima contou que deixou o veículo estacionado no local, onde ficou por cerca de três horas e ao sair percebeu que não estava mais lá. Ao visualizar câmeras de segurança ele viu que um indivíduo chega sozinho e rapidamente entra e sai com a caminhonete. 

Policiais do Batalhão de Choque e da Rotac ficaram sabendo do furto e foram até o local onde o crime aconteceu, na Rua Brasil. O proprietário do veículo mostrou as imagens aos policiais que saíram em diligências.

A equipe acabou encontrando a caminhonete estacionada durante rondas no Jardim Petrópolis e então fez vigilância, quando por volta da 1h20 de terça-feira (14/05) visualizaram dois homens chegando em um carro Voyage de cor branca. Um deles desceu e foi em direção à caminhonete enquanto o outro, no carro, ficou na esquina.

As equipes fizeram abordagem simultânea nos indivíduos, que tentaram fugir. Um deles contou que ganharia R$3 mil para levar o outro para furtar e depois buscar a caminhonete. 

Já o comparsa disse que receberia R$ 500 para trocar as placas do veículo e R$6 mil para levá-lo até o Paraguai.

A dupla afirmou que veio de São Paulo por ordem de um homem conhecido como ‘Dom', apenas para realizar o furto do veículo.

O motorista do Voyage disse que estava hospedado em uma residência que não sabia o nome da rua, nem do bairro, mas sabia chegar lá e então levou os policiais até a casa, que fica no Jardim Itália, região do Jardim Aeroporto.

O imóvel estava com as portas destrancadas, luzes acesas e ar condicionado ligado. Lá não foi encontrado equipamento usado para desativar o alarme de veículos. Em três quartos haviam malas de viagens, roupas e pertences, o que indica que o local era habitado por outros integrantes da quadrilha também.

A dupla foi presa em flagrante e levada para a Depac Cepol, já os veículos foram entregues na Defurv (Delegacia Especializada de Repressão a Roubos e Furtos de Veículos).

Ainda segundo a polícia, o carro Voyage apresenta sinais de adulteração, pois ao ser checado, foi constatado que teve passagem em estados diferentes na mesma data, o que indica um possível dublê.